sexta-feira, 27 de junho de 2014

Berço e Cômoda Capitonê Entalhado

Venha conhecer nossa nova coleção de móveis!

Berço e Cômoda Entalhado Capitonê

Pode ser confeccionado na cor branco provençal ou na cor mel.

MADEIRA MACIÇA e MDF

Berço Entalhado Capitonê
Altura: 1150mm
Largura: 1370mm
Profundidade: 815mm

Cômoda Entalhada
Altura: 976mm
Largura: 1300mm
Profundidade: 520mm




LINDO DE VIVER!


Um abraço,

Equipe Betsy



sexta-feira, 6 de junho de 2014

Novos Quadros p/ Porta de Maternidade

Olá mamães,

Hoje vou mostrar os novos quadrinhos de maternidade que estão chegando na loja! É um modelo mais bonito que o outro...difícil de escolher! rss.
O porta maternidade dá as boas vindas ao bebê e sinaliza a portinha (tanto da maternidade como do quartinho) que alí está o novo bebezinho. Pode ser de madeira, de tela, de resina ou de tecido. Normalmente é confeccionado coordenando com o quartinho, utilizando as mesmas cores, estampas e tecidos. Um detalhe que está muito na moda é utilizar luzes de led para deixar o quadrinho iluminado, dando um charme a mais na decoração.

Veja abaixo alguns modelos:


E aí, gostaram?


Um abraço,

Equipe Betsy



terça-feira, 20 de maio de 2014

Poltronas de Amamentação

Olá mamães,

Hoje nosso assunto é a poltrona de amamentar, mas antes, vamos falar um pouquinho sobre a amamentação. O ato de amamentar não é simplesmente deixar seu bebê satisfeito. Os benefícios, tanto para a mãe como para o bebê, são incalculáveis. Veja alguns deles:

1 - Amamentar desenvolve o sistema imunológico do bebê.
- O leite materno contém células anti-infecciosas capazes de proteger o organismo do bebê contra infecções, como as intestinais e otites, evitando assim diarreias.

2 - Amamentar ajuda no desenvolvimento da fala.
- Veja que interessante. A posição da boca nos mamilos provoca a estimulação de pontos articulados responsáveis pela produção dos fonemas (sons).

3 - Amamentar estimula o crescimento e desenvolvimento adequado da musculatura oral, ajudando na respiração, deglutição e mastigação.
- Uma criança que tenha problemas na respiração pode ter prejudicado o seu sono, concentração e memória. A musculatura oral adequada remete a um bom desenvolvimento da fala.

4 - Amamentar fortalece o vínculo mãe e bebê
- O contato com a mãe pelo aleitamento materno faz com que o bebê se sinta mais seguro e tranquilo, evitando choro e ansiedade. Além disso, a mamãe se sente menos estressada.

5 - Amamentar diminui o risco de alergia
- Crianças alimentadas no peito da mãe têm menos risco de terem asma. Outro estudo revela que crianças que desde cedo tomam o leite de vaca aumentam a probabilidade de se tornarem alérgicas, já que as proteínas desse leite estão associadas à dermatite, rinite, sinusite e amigdalite.


Para garantir o conforto e a tranquilidade nesse momento tão especial para a mamãe e para o bebê, um cantinho na casa deve ser reservado. Normalmente é colocado no quartinho do bebê uma poltrona, uma mesinha de canto e um abajur com luz baixa. A poltrona, além de decorativa e charmosa, é um item importante nesse processo, pois deixa a mãe na posição ideal para amamentar. Na hora de escolher a poltrona, leve em consideração o apoio para as costas e para o braço e, de preferência, um puff ou banqueta para o apoio das pernas.

Existem vários tipos de poltronas de amamentação: as fixas, as de balanço, as giratórias e as reclináveis. O tamanho e o modelo também variam. O importante é escolher uma que fique confortável (afinal a mamãe vai passar muitas horas sentada) e que coordene com a decoração do quartinho. Mas e depois? A poltrona para amamentação vai para o lixo? Claro que não. Ela poderá ser utilizada como uma poltrona para leitura, para ninar as crianças, contar estorinhas, descansar ou simplesmente decorar um ambiente.


Algumas opiniões de mamães que usaram/usam as poltronas:

"Comprei uma poltrona que tem balanço e tb o pufe para apoio dos pés, uso direto, acho ótimo para a minha coluna e o bebê adora o balanço dorme rapidinho, mesmo não sendo hora da mamada..." 

"Essa foi uma das dúvidas quando eu estava grávida... valeria a pena investir nisso? Uma grande amiga disse que sim! Que era muito bom ter aquele canto, que no fim é o único de exclusividade de 
mãe e filho. Mas li em alguns blogs de mães que se arrependeram, que só ficou atravancando o quarto do bebê. Como o quarto do meu bebê é grande, resolvi comprar assim mesmo. E foi muito bom!"

"Para mim, a utilidade da poltrona variou com o passar dos meses. Explico: logo no 1º dia que chegamos em casa, o primeiro mamá (exatamente quando o leite desceu) foi na poltrona de amamentar. Foi ótimo: o quarto do nenê é sempre mais tranquilo, um lugar respeitado pelas visitas, então eu adorava amamentar no balançar da cadeira, com ele bem acomodado na almofada de amamentação. Era ótimo, passávamos horas lá, juntinhos... Depois das primeiras semanas, com a rotina maluca de dar mamá a cada 3 horas, chegou um ponto que eu já não queria mais ficar sempre lá no cantinho silencioso, tava precisando de "agito".. aí passei a amamentar em vários lugares da casa, no sofá vendo TV, na minha cama bem confortável... Nesse momento a poltrona deixou de ser tão usada, mas mais a frente voltaria a ter maior importância... Até os 4 meses meu filho dormia no meu quarto, no berço desmontável, mas depois disso passou a dormir no seu próprio quarto. Então, seguindo a idéia de que ele tinha que se adaptar e sentir que aquele era o melhor lugar pra ele descansar, o processo de "desligamento" (de sair da tomada e se acalmar) passamos a fazer no quarto dele. E o mamá de antes de dormir voltei a dar na poltrona, assim como o da madrugada. Aí ele cada vez mais tinha a sua rotina realizada no seu quarto, o que facilitou essa adaptação da saída do nosso.
Hoje, com um ano, sigo usando ela para a mamadeira da noite/ madrugada. É muito bom ninar ele no embalo da cadeira, ter ele ali só comigo naquele momento, entrando num ritmo mais calmo e tranquilo e se preparando pra mais uma noite de sono. Então, quem tiver espaço, eu aconselho comprar." 

"POLTRONA DE AMAMENTAÇÃO: Pensei, repensei e decidi que a cama da babá substituiria fácil a poltrona de amamentação. Que engano!!!! Dar mamá em uma poltrona é outro mundo! Você já está com o corpo moído, cansada, aprendendo a amamentar e ainda tem que se curvar toda em uma cama/sofá! Gravidinhas, experimentem ficar 20 minutos com três sacos de arroz suspensos nos braços. Fazendo esse exercício uma vez, você vai sair imediatamente para comprar uma poltrona. É agora ou nunca (depois de o bebê nascer quem vai sair pra comprar? Nem sempre tem pronta-entrega na loja!). Até para dar mamadeira é muito confortável."

"Eu sempre achei a poltrona de amamentação uma bobagem mas, depois de duas semanas que minha filha nasceu fiz minha mãe ir atrás de uma, que uso até hoje. Mas olha, me arrependi de comprar a poltrona “da mamãe”, devia é ter me jogado numa daquelas cadeiras “do papai” que reclinam e são maiores."

"Olha, eu como mãe de terceira viagem, tenho muita experiência, e comprei o que realmente seria útil! As poltronas da mamãe são realmente bem caras, mas valem muito a pena! É uma maravilha fazê-los dormir ali, pq no início são levinhos, mas depois vão crescendo e ficando um saquinho de batatas…aí não tem braço que aguente. rsrsrs!"

"eu uso a poltrona e a almofada até hoje, com o Gui com 2 anos!!!
Tirei altos cochilos naquela poltrona, chego a sonhar!!! Foi um investimento que valeu a pena."

"Fiquei no dilema sobre comprar ou não a cadeira de amamentação... acabei comprando e ADORO!!! Acho que é uma forma tranquila de amamentarmos, principalmente à noite..para deixar o bebê no clima de dormir... ou quando tem alguem em casa - para sair do tulmuto."

"Tenho que confessar: com esse conforto todo que ficou minha poltroninha, eu DURMO MUITO enquanto estou amamentando. Chego a sonhar.Porque, vamos combinar, acordar de madrugada pra amamentar é punk. Muitas vezes vou na boa, mas tem dias em que eu pareço um zumbi, quase não consigo abrir os olhos. Mas agora, meu bem, naquela cadeira que inclina um pouco pra trás e com aquela almofada em que a bebê fica super encaixadinha, tiro altos cochilos."


Selecionamos poltronas lindas e confortáveis para vocês se inspirarem.











E aí, gostaram?


Um abraço,

Equipe Betsy



Fontes:
http://guiadobebe.uol.com.br/os-10-poderes-da-amamentacao/
http://lojacheiadevida.blogspot.com.br/2011/03/poltrona-para-amamentar-serie-pesquisa.html

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Berços com Novas Regras do Inmetro - Cuidados na hora da Compra



Olá mamães,

Como muitos já sabem, no ano passado o Inmetro divulgou novas regras para aumentar a segurança dos berços, prevenindo acidentes com crianças e bebês. A partir do mês de junho/14 todos os berços vendidos deverão ter o selo do Inmetro, que garante que cada parte daquele berço foi testada e aprovada. Foram realizados diversos testes, entre eles: Resistência da Base do Berço, Bordas e Partes SalientesFuros e EspaçamentosSistema de Travamento e outros.

Aqui está um video que o Inmetro lançou para explicar essas mudanças e alertar os pais sobre a segurança do berço.



Principais cuidados que os pais devem ter ao escolher um berço

- observar a presença do Selo de Identificação da Conformidade do Inmetro, que deve estar exposto no berço e na embalagem do produto após o prazo de adaptação às normas;

- verificar se as bordas e partes salientes são arredondadas ou chanfradas e isentas de quaisquer rebarbas e arestas;

- rótulos e decalques colados não podem ser utilizados nas superfícies internas das laterais e extremidades do berço;

- uma vez dentro do berço, a criança não pode conseguir levantar a base do colchão ou a base do berço;

- as laterais móveis devem ser equipadas com um sistema de travamento;

- as instruções de uso devem estar em língua portuguesa;

- fique atento aos espaçamentos mínimos e máximos que a estrutura do berço deve ter. Atenção especial ao espaçamento da grade lateral, que deverá ter, no máximo, 6,5cm e ao espaçamento entre o estrado e as laterais, que deverá ser de, no máximo, 2,5cm;

- a altura mínima das laterais do berço é de 60cm, a partir do estrado, de modo que a criança não consiga se jogar por cima das grades laterais ou das paredes;


Veja nossos berços certificados pelo Inmetro









Fiquem de olho mamães, com segurança não se brinca!


Grande abraço,

Equipe Betsy

















quinta-feira, 8 de maio de 2014

VOLTAMOS!...e com dicas de Papel de Parede

Olá pessoal,


Depois de umas longas férias, nosso blog volta a ativa com muitas informações para auxiliar as mamães e papais. 

No post de hoje vamos falar sobre Papéis de Parede e sua utilização. Que eles são lindos e charmosos, todo mundo sabe, mas de onde eles surgiram?

O papel de parede surgiu na China, aproximadamente 200 anos antes de Cristo. Era rudimentarmente produzido com papel de arroz, totalmente branco. Posteriormente, ele passou a ser produzido com o pergaminho vegetal, ganhando cores e motivos. As pinturas do papel eram feitas à mão por artesãos, e depois vieram os carimbos de madeira decorativos, que eram embebidos em tinta para imprimir os desenhos. As tiras resultantes desse trabalho eram então coladas nas paredes, em substituição das originais que ornavam os palacetes de mandaris e ricos comerciantes. Depois se espalharam por toda a Europa, até chegarem ao Brasil.

No Brasil, o papel de parede chegou para ficar! No começo ele era considerado um item caro e pouco usado, mas em 1960, com a modernização da indústria brasileira e com a redução dos custos, o papel tornou-se um popular revestimento decorativo de paredes. Hoje é considerado um produto sofisticado, elegante e moderno, tanto para decorar a casa como o quartinho do bebê.


Falando sobre o quartinho do bebê...

Além de transformar o ambiente, os papéis de parede trazem aconchego, harmonia e personalidade ao quarto, destacando os móveis e o enxoval do bebê. Existem diversas estampas no mercado: poá, floral, listrado, arabesco, temático, xadrez...estampas discretas e marcantes. Uma ótima opção é misturas os estilos, fazendo uma combinação com efeito único ao ambiente do bebê.




Alguns Combinações de Papéis de Parede para Meninas




Alguns Combinações de Papéis de Parede para Meninos




Alguns Quartinhos (fotos da internet)











Dicas

- Deve ser aplicado em superfícies lisas, secas e sem imperfeições. Recomenda-se que a parede esteja acabada, com massa corrida e demão de tinta.

- A cola em pó ou cola de papel de parede (carboximetilcelulose) é indicada para papéis comuns, pois é mais leve. A cola em gel indicada é para papéis vinílicos. Ambas as colas não são tóxicas, não tem cheiro e sua aplicação é rápida, limpa e seca, podendo utilizar o ambiente logo após a instalação do papel.

- O papel de parede bem aplicado e bem cuidado tem uma vida útil longa, de 8 a 10 anos.

- Para ver modelos de papéis de parede, acesse: http://www.betsy.com.br/papel-de-parede



Um abraço,

Equipe Betsy.




quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Kit Berço (Diversos Temas)



O kit berço, além de proteger o bebê, dá um charme todo especial no quartinho dos pequenos. Algumas mães preferem kits berço neutros, que combinam com qualquer decoração (exemplo: kit berço  com bordado de poá, kit berço com nervuras, kit berço com tecidos lisos, kit berço ponto origami) e outras preferem temáticos. Os temas mais tradicionais de kit berço são: ursos, provençal, safari clássico, jardim, ovelhinha, carrinhos, camponesa e bailarina. 

Dica: Quando optar por um kit berço temático, tome cuidado com o papel de parede ou a pintura do quarto. Se o kit já for colorido e com desenhos, escolha um papel de parede liso, ou com pequenos detalhes que não chamem muita atenção. 
Caso prefira decorar a parede (exemplo: colocar papel de parede com desenho de bailarinas), escolha um kit berço mais clean, com o tema só na cabeceira, por exemplo.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

KIT BERÇO...Por que utilizar?


Você sabe para que serve o kit berço?

Kit Berço Provençal Ramo com Coroa
O kit de berço além de decorativo, evita que o bebê se machuque nas grades do berço.
O kit berço normalmente é composto por 01 cabeceira, 02 laterais, 01 peseira, 01 edredom e 01 trocador. Como itens opcionais, é possível também comprar a saia de berço, o mosquiteiro e o jogo de lençol.

Mas afinal, para que serve cada peça?

Cabeceira: é uma almofada, tipo travesseiro, que serve para proteger a cabecinha do bebê.

Laterais: são almofadas maiores que são presas nas laterais do berço, evitando assim que o bebê se machuque nas grades.

Peseira: pode ser em formato de almofada ou rolinho. Também fornece segurança ao bebê na outra extremidade do berço.

Edredom: serve para aquecer o bebê. Em algumas regiões do Brasil (principalmente regiões quentes) recomenda-se apenas o uso do lençol de berço.

Kit Berço Noblesse Bege
Trocador de cômoda: é um pequeno colchão de espuma, forrado com plástico resistente, que serve para acomodar o bebê na hora da troca de fraldas. É importante que o trocador tenha no mínimo, quatro cm de espessura.

Saia do berço: além de esconder o buraco que fica embaixo do berço, também evita o acúmulo de pó. É colocada abaixo do colchão, em cima do estrado do berço.

Jogo de lençol: composto por três peças (lençol de baixo com elástico, lençol de cima com vira e fronha), pode ser de algodão ou malha. É importante ter mais de um lençol de elástico (aquele que cobre o colchão), pois caso vaze o xixi, é necessário trocar este lençol. A fronha também não deve ter bordados altos que possa aranhar o rostinho bebê.

Kit Berço Zoo Bichos
Mosquiteiro: o mosquiteiro é um tipo de véu que serve para proteger o bebê das picadas de insetos. Utilize se houver muitos mosquitos em sua região.

Antes de comprar o kit de berço, é importante considerar algumas informações:
- sempre escolha os protetores de berço confeccionados com puro algodão, evitando assim possíveis alergias ao bebê
- as capas das almofadas (cabeceira, laterais e peseira) devem ser removíveis para lavagem, com fechamento em zíper
- os enchimentos das almofadas devem ser antialérgicos
- dê preferencia aos modelos de kit berço mais simples, pois quanto mais colorido o bercinho do bebê, mais agitado ele ficará


Importante: não esqueça de amarrar bem o kit de berço às grades do berço. Também verifique se os lacinhos das amarras ficam do lado de fora do berço (assim evita que o bebê puxe ou se prenda nas amarras).

Kit Berço Urso Bege

Veja todos os modelos de kits protetor de berço: Kit de Berço Bebê